SEXTA-FEIRA DA SEMANA IV DA QUARESMA

«Vamos pô-lo à prova com ofensas e torturas»

Sabedoria 2



Esta leitura relembra-nos da nossa pequenez diante de Deus. Os ímpios comentavam entre eles que Jesus não podia ser quem dizia ser. Acreditavam conhecer quem Ele era, de onde vinha e quem não podia ser. Os profetas e os que anunciam a palavra de Deus sempre causaram um certo incomodo às nossas mentes pequeninas. Julgamos ser possuidores da razão e isso leva-nos a andarmos de olhos fechados; a tornarmo-nos cegos e a assumir, como os ímpios que “já conhecemos”. Precisamos de reconhecer que, apesar de tudo o que já sabemos, Jesus continua a vir para nos surpreender. Aquilo que conhecemos não é nada comparado com a dimensão de Deus. A verdade é que temos necessidade de ser surpreendidos; se assumirmos que sabemos tudo sobre Deus e consequentemente, sobre Jesus, caímos na perigosa banalização daquilo que Ele nos veio ensinar! Deixemos que Jesus venha ao nossa encontro e que todos os dias se renove, nos surpreenda e nos volte a surpreender.


Maria, que recebeste Jesus no teu ventre e nunca te cansaste de o seguir, ensina-nos a fidelidade ao teu amado filho.

Posts recentes

Ver tudo